A HISTÓRIA DO GATO - BASTET

A história dos gatos com seres humanos remonta ao Egito antigo, e mais além, pois os gatos procuraram se unir aos homens ao sentirem que sua proximidade lhes trazia benefícios, proteção e principalmente aconchego. Todos sabem que os gatos adoram ser acariciados e que se converse com ele.

Ao contrário dos cães, os gatos mantem a sua individualidade. Não tem a mente condicionada, como os cães, mas retém na memória uma natureza sociável, e sentem que fazem parte da família e este é o ponto onde se estabelece uma relação de amizade.

Se o gato for criado desde pequeno, criar uma relação de amor e carinho com os membros da casa não podemos nos impor a eles. Eles escolherão a quem vão amar, e os demais farão parte da sua familia. O gato não só nos aceita, mas precisa de nossa compania, e isto ele demonstra ao se esfregar em nossas pernas e quando está satisfeito ele demonstra com seu suave ronronar.

Na aparência e nos movimentos, nos enche de admiração. Ao vê-los se esgueirarem, abaixados, com as orelhas em pé, atentos a qualquer ruído, eles nos lembram os movimentos do jaguar, e da onça, seus parentes não muito distantes.
Naturalmente, os gatos se separaram dos felinos de maior porte a muito tempo.

Embora tenham se separado a muito tempo, até hoje conservam a leveza dos movimentos...